Pensamentos: Por que larguei a faculdade

12 novembro 2015

   No dia 09 de outubro, eu cancelei minha matricula no curso de Design de Interiores da Anhanguera, como eu me importo muito com vocês e sempre gosto de contar tudo o que acontece comigo, vim fazer esse post explicando o porquê de eu ter feito isso. 

   Para quem ainda não sabia, eu havia ganhado uma bolsa de estudos de 100% do PROUNI (Programa Universidade para Todos) para o curso de Tecnologia de Design de Interiores que teria duração de 2 anos.

   Mas ai, você que assistiu meu vídeo de 50 fatos sobre mim, vem e me pergunta: “Mas você não queria fazer Biblioteconomia?”. Pois é, eu queria e quero, mas também tinha essa área de Design em mente, como não havia biblioteca disponível no PROUNI resolvi tentar a sorte (embora estivesse crente que não ai passar).

   BUM passei! Foi uma semana de muita correria e muito choro porque eu achava que não iria conseguir toda a documentação a tempo, tive de deixar meu emprego por causa da faculdade, e lá fui eu ser uma universitária.

   O que eu não esperava, era o modo como o curso era, tínhamos de dividir a sala com outros semestres do curso, além, pessoalmente, eu ter considerado o curso muito fraco, mesma que fosse apenas dois anos.

   Os primeiros 6 meses foram de boa, mas então os últimos 6 acabaram com tudo, eu realmente vi que aquilo não era pra mim, não era uma profissão que eu seguiria com prazer, e que eu estava desperdiçando meu tempo com algo que não estava gostando.

   “Ah Luana, mas você estava estudando de graça, é muito difícil conseguir isso, você deveria ter aguentado até o fim”.

   Primeiro: Não é porque eu não estava pagando a mensalidade que eu não estava tendo gasto nenhum com a faculdade, mas vamos dar um exemplo para que você possa entender a situação: Você foi convidado para um banquete, você esta todo feliz porque nunca foi em um e esta com esperanças de que vai ser muito legal, quando você chega lá, você vê que TODAS, TODAS AS COMIDAS QUE TEM LÁ, VOCÊ NÃO GOSTA, tipo você não gosta de nenhuma mesmo, o que você vai fazer? Vai se empanturrar de comida só por que é de graça? Vai ficar lá até o fim do banquete passando fome enquanto todo mundo come e você chupa o dedo? Não. VOCÊ VAI EMBORA. Por que é isso que as pessoas fazem quando não gostam de algo, elas vão embora.

   Eu passei esses últimos 6 meses nesse dilema se eu parava ou não, porque só teria mais um ano e eu teria um diploma, mas foi um pensando que me fez mudar de ideia, esse pensamento pode ser considerado meio trágico ou depressivo para alguns, mas é o seguinte: Se você morresse amanhã, morresse tipo tchau, morri. Você estaria satisfeito com a vida que teve? Você poderia ter paz e felicidade, porque você fez tudo o que queria? Se sua resposta for “não”, então esta na hora de consertar isso!

   E foi aí que eu vi que não precisava cursar mais um ano e ter um diploma que eu não usaria, eu não precisava esperar mais um ano, sendo que eu poderia começar a faculdade que eu quero nesse ano agora, então, por que ficar se remoendo e esperando?

   Eu espero que esse post faça vocês pensarem um pouco a respeito disso, se você estiver passando pelo mesmo dilema que eu ou mesmo algo parecido, eu quero que você saiba que nem sempre desistir é algo ruim, algumas vezes desistir de algo que esta te fazendo mal ou que não agrega nada a sua vida pode ser a melhor decisão que você pode tomar!

(Foto retirada do Google)

6 comentários:

  1. Meus parabéns mocinha! Essa é uma daquelas decisoes que implicam muito na nossa vida e que na maioria das vezes sao bem simples de serem solucionadas. Fico feliz que tenha feito algo para ser um pouco mais feliz, e se realmente nao estava te agradando foi bom ter saido. Assim voce pode agora usar seu tempo para fazer algo que gosta realmente, e eu realmente acredito que nada vem por acaso sabe, proavelmente voce tinha que passar por esse clique para aprender quais sao suas preferencias na vida! Estou orgulhosa! :*
    (desculpa a falta de acento, meu teclado nao esta com a configuracao BR hehe)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Taw, realmente é muito bom ter o apoio das pessoas para decisões difíceis como essa e eu fiquei muito feliz em saber que veio aqui ler meu texto ♥♥♥

      Excluir
  2. Acho legal falar sobre o assunto e tal, mais me pergunto uma coisa: Você não conseguiu mudar de cursando usando o programa do Prouni?
    Eu também estudo na Anhanguera no entanto, faço o curso de Administração. Eu gosto muito pois já consegui ver a minha visão de carreira, porém acho que o curso nessa faculdade não é tão bom quanto em outros e também estou tendo que dividir a sala com outro semestre (isso prejudica muito). Só não mudei de faculdade pois perco tudo que já fiz até agora pq a grade é bem diferente da minha e não quero perder muito tempo pois tenho um filho pequeno e também preciso dar atenção para ele.

    Bom mais gostei do seu post.

    Parabéns, beijos.

    (www.mudandoaestação.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudar a bolsa de curso é muita burocracia Jess, e também não tinha Biblio disponível para mudança, por isso achei melhor cancelar.
      Verdade, ainda mais que fica difícil quando a faculdade é muito longe, não é? Quando você terminar, pode cursar uma mais especializada ou algo do gênero para obter mais conhecimento, o que importa é você se sentir realizada com a carreira que quer seguir ♥

      Excluir
  3. THAT'S MY GIRL! (rsrs)
    Luh, sei que foi difícil mesmo escolher desistir... Mas a gente sempre sabe oque é melhor pra nós mesmos e você mais que ninguém sabe o que quer.
    Você deixou alguns amigos nesse processo que sentem muita saudade de você e sua "tagarelice"(*brinks kkk), porêm, eles não te deixaram (não se esqueça!) e estão no mesmo lugar, caso você precise ou não.

    Saudades Luh.
    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não deixei você Lu, que isso! Morro de saudades ♥♥♥ ainda vou aparecer por lá e encher muito o saco de vocês! E fico muito feliz que tenha entedido o porquê de eu ter saido.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.