Resenha: Koleston Espuma Color-Intense 46

06 janeiro 2014

Olá docinhos, tudo bem com vocês?

Bom, como prometido está aqui mais uma resenha, desta vez é da tintura em espuma da Koleston, a Color-Intense 46 borgonha.
Primeiramente não foi pro meu cabelo, foi pro da minha mãe a Dona Iolanda que ela comprou e pediu para mim aplicar.

O que ele promete:


(Essa parte eu copiei do jeito que esta no folheto explicativo)
“Consiga toda a cor intensa que você ama em uma agradável experiência com espuma.
Os pigmentos de cor intensa da Koleston vem em uma espuma que não escorre, fácil de aplicar e que você aplica com as mãos. A espuma penetra em cada fio de cabelo para obter uma cor intensa, linda e duradoura.”


O Kit é Composto por:

  • 1 frasco de tintura liquida,
  • 1 frasco aplicador de Emulsão Reveladora (no caso, 30 volumes),
  • 2 sachês de tratamento Gloss Intenso
  • 1 par de luvas (claro)
  • 1 folheto explicativo

Modo de usar:


Coloque todo o conteúdo da tintura liquida dentro do recipiente com a emulsão e recoloque a tampa.
Agite o frasco só três vezes para misturar seu conteúdo. A fórmula se mistura facilmente.
Deixe descansar por 30 segundos antes de apertar o frasco. Não agite novamente durante o uso.
Insira a tampa aplicadora de espuma no frasco e fecha-a bem, não pressione a tampa aplicadora de espuma.
Mantenha o frasco na posição vertical, aperte firmemente o centro do frasco.
Pressione o frasco até encher de espuma a metade da palma da mão, que deve estar protegida com a luva.
Se a espuma inicial estiver muito liquida, não aplique até obter uma espuma de qualidade, o que deve ocorrer na segunda ou terceira vez que pressionar o frasco.
Aplique o produto nos cabelos secos e massageie os cabelos como se aplicasse um shampoo. Certifique-se que as raízes estão inteiramente cobertas. Use quanto de produto for necessário até que seus cabelos estejam completamente úmidos.
Para uma aplicação nas raízes, aplique o produto nas raízes e fios brancos e em seguida no restante de seu cabelo.
Cuidadosamente, retoque a linha de seus cabelos na moldura de seu rosto e próximos as orelhas, para garantir cobertura completa.
Aguarde 40 minutos antes de retirar.


Minha Opinião:


Bom, logo de começo confesso que eu não estava levando muita fé no produto pois a emulsão de oxigenada era ainda mais liquida do que a emulsão que geralmente vem nas tinturas de caixinha, e a tintura liquida era...bem...liquida!
E lá fui eu, misturei os dois, sacudi três vezes (?), aguardei até mais de 30 segundos para garantir e comecei a aplicação.
Para começar vamos falar do odor: Meus olhos quase lacrimejaram no inicio de tão forte que achei o cheiro da mistura, depois de um certo tempo ficou mais suportável, mesmo assim docinhos, não é muito agradável.
Para vocês que veem a espuma branquinha e fofinha que parece algodão na caixinha e no comercial: Não é bem assim que a banda toca, até mesmo depois de ficar consistente, ela ainda parece espuma de detergente (comparação maldosa, mas é a realidade) e a cor é uma variação entre branco e a cor da tinta, ou seja, manchada.
E por falar em manchada, aquilo mancha! Mancha e faz bem mais sujeira do que uma tintura normal, mesmo de luvas aquela espuma respingou nos meus braços e acabei parecida com um dálmata (sem falar que é difícil de tirar mancha de tinta da pele e dos móveis).
Quanto as “raízes perfeitas”, apesar da aplicação ser como um shampoo, não tem como aplicar em cada centímetro da raiz com a mão do mesmo modo que se aplica com o pincel. Ah! E nessa tinta não pode usar pincel viu? Mesmo assim, tenho que admitir que espalhou bem entre as raízes e ficou mais uniforme do que eu pensava que ficaria.
Depois de retirar, outra decepção! O que era para ser em torno de 4.6 (Castanho Médio com Reflexo Avermelhado) ficou tão escuro quando um 2.0 (Preto Natural).
Porém, pintamos o cabelo da minha irmã logo em seguida com o 6646 (Louro Escuro com Reflexos Avermelhado Intenso (2x) e Acobreado) da mesma linha Espuma Color Intense e não escureceu o cabelo dela drasticamente, então pode variar de tom ou de tipo de cabelo.
Tirando tudo isso, os pontos positivos que eu achei nessa tintura foram o fato dela ser mais rápida e mais fácil de se aplicar (fora a sujeira) e o fato dela render quase o dobro de uma tintura normal, ou seja, quem tem cabelo comprido não precisa comprar mais de uma caixinha. Mesmo assim, isso não é o bastante para me fazer compra-la de novo.
Para quem não tem experiência em pintar o cabelo sozinha, não tem que o pinte para ela, nem condições de ir a um cabelereiro ou tem um cabelo quase na cintura, eu até aconselho tentar, tendo em mente que vai sujar a si mesma e provavelmente os móveis e que tem o risco de ficar mais escura que o esperado.
Quanto ao preço, no inicio essa tintura era mais cara do que a coloração em creme, mas o pouco sucesso fez com que abaixasse o valor, por exemplo, eu paguei em torno de 10 reais nela.



Eu sei que essa resenha ficou longa, beeeem longa, mas eu ainda estou nesse processo de aprender a fazer boas resenhas e queria dar todos os detalhes dessa experiência, afinal, Coloração em espuma é um pouco que novidade não é mesmo?
E peço desculpas pela falta de muita "ajuda visual" mas é que eu não tive oportunidade de tirar as fotos da tinta pois a câmera deu um probleminha, por isso a imagem de inicio tirada da internet :/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.